PM com sinais de embriaguez colide carro em veículo e quase atropela duas pessoas


O policial estava conduzindo o veículo, quando atravessou a avenida Cajazeiras em alta velocidade e colidiu em um carro Duster, que


No início da tarde desta segunda-feira (11), um carro em alta velocidade atingiu um veículo estacionado em frente ao Centro Integrado de Justiça Juvenil, na avenida Cajazeiras, em São Luís.

 Além disso, duas pessoas quase foram atropeladas pelo veículo.


Segundo informações do 9º BPM, o motorista do carro foi identificado como sargento Cruz da Polícia Militar, lotado no 8º BPM, que estava dirigindo visivelmente embriagado. Na hora da colisão, o PM estava na companhia de outra pessoa, também embriagada. O passageiro que acompanhava o policial quebrou um dedo e teve um corte na testa, sendo levado para o hospital.


O sargento Cruz estava conduzindo o veículo, uma Saveiro de cor preta e placa OXP-8252, vindo do sentido Mercado Central, quando atravessou a avenida Cajazeiras em alta velocidade e colidiu em um carro Duster, que estava estacionado em frente ao Centro Integrado de Justiça Juvenil. O dono do veículo atingido é funcionário do local.
Um jovem que estava chegando de moto, também ia sendo atingido pelo carro descontrolado, mas o motociclista desviou da colisão, e a Saveiro quase atropelou uma mulher grávida de 6 meses.

A grávida, que é funcionária da Funac, passou mal por causa do susto e teve que ser levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) para uma maternidade, para averiguar a saúde do bebê.

Segundo funcionários do Centro de Justiça, no carro do policial tinha algumas garrafas de cerveja, e o sargento apresentava visíveis sinais de embriaguez. Além de estar embriagado, o PM ainda chegou a gritar com as pessoas, alegando ser policial.


Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues da Mirante AM, mais detalhes sobre o caso.


do Imirante.com


Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon