UFMA suspende aulas por 30 dias devido ao risco do novo coronavírus

Resultado de imagem para ufma chapadinha


De acordo com a universidade, a decisão é válida para todos os câmpus da instituição. A suspensão das aulas começa a valer a partir desta terça-feira (17).

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA), decidiu suspender por 30 dias as aulas presenciais de cursos de graduação e pós-graduação, devido à pandemia do novo coronavírus, priorizando o desenvolvimento remoto das atividades acadêmicas, evitando impacto no calendário acadêmico. A decisão é válida para todos os câmpus da instituição.

A suspensão das aulas começa a valer a partir desta terça-feira (17). O Reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, nos usos de suas atribuições criou o Comitê Operativo Emergencial (COE/UFMA), considerando a necessidade de estabelecer ações de proteção em face aos eventos de proliferação e disseminação do Coronavírus.

Além das aulas presenciais, o Restaurante Universitário (RU) também deve permanecer fechado por 30 dias, em razão da rotatividade e aglomeração de pessoas, como potencial risco à saúde.

Ainda segundo a UFMA, a portaria que oficializará a determinação será publicada ainda hoje e também trata de outros assuntos, como a rotina administrativa da Universidade, que sofrerá alterações.

Por meio de nota, a UFMA informou, também, que o expediente será realizado em seis horas ininterruptas, objetivando a redução de exposição dos servidores. Já aqueles que compõem o grupo de risco, como maiores de 60 anos, serão dispensados de suas atividades in loco.

Leia a nota na íntegra:

"Considerando as orientações da OMS, a evolução do quadro nacional, as discussões do Comitê Operativo de Emergência do MEC e da UFMA, e a necessidade de estabelecer ações de proteção em face aos eventos de proliferação e disseminação do coronavírus (SARS-COV-2 /COVID-19), a Universidade Federal do Maranhão resolve:

1. Suspender as aulas presenciais dos cursos de graduação, pós-graduação e extensão pelo período de trinta dias, a contar do dia 17 de março de 2020, em todos os nove câmpus da Instituição.

2. Manter as atividades administrativas. Será divulgado em breve o detalhamento sobre as especificidades de funcionamento de cada área.

3. Orientar o corpo docente quanto à utilização do SIGAA, para que as atividades curriculares sejam mantidas enquanto durar a suspensão das aulas presenciais, sem prejuízo ao calendário do semestre letivo.

4. Qualquer nova orientação será prestada por meio dos canais oficiais da UFMA: site, Rádio Universidade, TV UFMA e redes sociais."

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon