Empresário morre em acidente e carro de luxo fica partido ao meio, na BR-101 - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Empresário morre em acidente e carro de luxo fica partido ao meio, na BR-101

Acidente matou empresário em SC e deixou carro partido ao meio — Foto: Odemar Andrade/NSC TV
O empresário Roberto Angeloni, de 51 anos, morreu em um acidente de trânsito por volta das 11h40 deste domingo (28) na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Ele estava em uma Mercedes-Benz que bateu na lateral de uma Ranger e, depois, colidiu em um poste. Com a força das batidas, o veículo em que a vítima estava se partiu ao meio.
Carro ficou destruído após bater na lateral de outro veículo e, depois, em um poste em Biguaçu, na Grande Florianópolis — Foto: Odemar Andrade/NSC TV
As informações foram repassadas pela Arteris Litoral Sul, concessionária responsável por esse trecho da rodovia federal. O acidente foi no km 184,7 da pista, sentido norte (Curitiba), na faixa de acesso ao Posto Tijuquinhas.
Veículo em que estava Roberto Angeloni ficou destruído após batida em SC — Foto: Divulgação/PRF-SC
Angeloni, que estava na Mercedes Benz, morreu ainda no local. Uma passageira do outro carro envolvido ficou ferida e foi levada para o Hospital Regional de São José. O condutor da caminhonete não teve ferimentos. O G1 ainda tenta informações com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC).

Roberto Angeloni era filho do fundador da Rede Angeloni, que tem supermercados, farmácias, postos de combustíveis e centros de distribuição de mercadorias. Nascido em Criciúma, no Sul do estado, ele era atualmente gerente de Operações da companhia, e deixa os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos, informou a empresa.

"Seu falecimento precoce deixa ainda imensa lacuna entre amigos e colegas, que guardam a imagem de um profissional sério e dedicado, que tinha como sonho levar o Angeloni a uma posição sempre mais destacada. A família agradece antecipadamente a todas as manifestações de pesar e solidariedade", diz nota do grupo Angeloni lamentando a morte.

por Carolina Holland, G1 SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot