Policial é preso em flagrante na Zona Leste de SP após matar motociclista em abordagem - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

domingo, 26 de julho de 2020

Policial é preso em flagrante na Zona Leste de SP após matar motociclista em abordagem

Condutor da moto, que havia sido roubada horas antes, foi socorrido ao Hospital Tide Setúbal e morreu, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de SP.

Câmeras de segurança flagram momento em que policial atira em motociclista pelas costas em São Miguel Paulista, na Zona Leste de SP — Foto: Reprodução/TV Globo

Um policial militar foi preso em flagrante na madrugada deste sábado (25) na Zona Leste de São Paulo após atirar em um motociclista pelas costas. A vítima morreu horas depois no Hospital Tide Setúbal, também na Zona Leste.
Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o homem conduzia uma motocicleta que havia sido roubada horas antes e foi reconhecido pelo dono da moto como autor do roubo.
Em nota, a SSP afirma que o caso está sendo registrado no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), que prosseguirá com as investigações. “A Polícia Militar instaurou Inquérito Policial Militar (IPM) e trabalha no esclarecimento dos fatos”, afirma ainda a nota.
Imagens da câmera de um comércio exibem uma moto passando em alta velocidade e, poucos segundos depois, a mesma moto aparece no outro sentido da via. Na segunda passagem, o motociclista se desequilibra e surge um policial militar fardado com a arma em punho, que persegue a moto a pé e efetua dois disparos. O primeiro tiro acontece quando a moto já estava parada e o homem estava de costas para o policial, descendo do veículo.
Alguns minutos depois surgem diversas viaturas da Polícia Militar. Toda a ação ocorre ao lado do muro da 2ª Companhia do 29° Batalhão de Polícia de SP.
Mortes cometidas pela PM de SP crescem
O número de pessoas mortas por policiais militares no estado de São Paulo cresceu 21% no primeiro semestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2019, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Viaturas da PM chegam ao local onde um policial atirou em um motociclista em São Miguel Paulista, na Zona Leste de SP — Foto: Reprodução/TV Globo
Foram 435 pessoas mortas por PMs em serviço neste ano contra 358 do ano passado. Também cresceu o número de vítimas de policiais militares de folga. Em 2019, foram 56 e agora são 63.
Para o Fórum Brasileiro de Segurança Pública os números da letalidade policial no estado são graves.
“Violência não resolve o problema de segurança pública. O que resolve é inteligência, o que resolve é profissionalismo. Porque quando se troca tiro, o policial está em risco e a sociedade está em risco também... isso precisa ficar muito claro na cabeça das pessoas”, diz o pesquisador Rafael Alcadipani.
Para o secretário-executivo da Polícia Militar, coronel Álvaro Camilo, os números se justificam pelo aumento do policiamento ostensivo no estado. “A polícia chega quando o crime está acontecendo, então, nessa pronta resposta, chegando quando o delito está acontecendo, às vezes, leva ao confronto. E a polícia de São Paulo está bem preparada para esse enfrentamento", afirma.

do g1.globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot