Sem Cubanos, Chapadinha Perde 16 Profissionais; 11 Bairros e 7 Povoados Ficam sem Médicos - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Sem Cubanos, Chapadinha Perde 16 Profissionais; 11 Bairros e 7 Povoados Ficam sem Médicos



A saída dos médicos cubanos do programa Mais Médicos no Brasil vai atingir em cheio a qualidade dos serviços de saúde de Chapadinha. Aqui vamos perder 16 dos 23 profissionais que atendem nos Postos de Saúde da Família em vários bairros e localidades do interior.

O maior impacto será na atenção básica de saúde da maioria da população de Chapadinha. Entre os bairros que ficarão sem médicos estão: Campo Velho, Bairro Novo, Areal, Novo Castelo, Bairro da Cruz, Corrente, São José, Tigela, Terras Duras, Boa Vista e Caic/Areal.

Além dos PSFs da área urbana, os povoados Uncurana, Canto dos Ferreiras, Baturité, Mangabeira, Estrela, Malhada e Alagadiço Grande também ficarão sem médicos com a saída dos cubanos.

Ao todo são 11 bairros e 7 localidades da Zona Rural que ficarão sem assistência médica depois do desentendimento entre o presidente eleito Jair Bolsonaro e governo de Cuba.

Enquanto governantes brasileiros e da ilha caribenha travam disputas ideológicas, cerca de 29 milhões de pessoas no Brasil – incluindo os milhares de chapadinhenses – deixam de contar com um atendimento de qualidade, humano e aprovado pelo povo. 

Em tempo: além dos 16 médicos que estão retornando ao país de origem, há outras duas vagas que deveriam ser preenchidas por cubanos. 

Do Blog do Alexandre Pinheiro (Foto: Kim Pereira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot