Factóide | Prefeito de Santa Quitéria desmente boatos sobre pedido de cassação: “Querem criar um fato político”


Imagem relacionada

“Querem criar um fato político para desestabilizar nosso governo. Logo agora, momento em que estamos nos reestruturando política e administrativamente. Não há nenhuma base legal. Só lamento que meia dúzia de pessoas usem desse tipo de artifício com o objetivo meramente eleitoreiro, pensando nas eleições do ano que vem. Mas isso não nos abala. O que temos que fazer é continuar trabalhando para sanar os problemas que nosso município enfrenta (em sua maioria resultado de desastrosas gestões passadas), pois foi para isso que o povo nos elegeu”.

Foi assim que o prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Rocha, reagiu aos comentários e postagens feitas em redes sociais nesta quinta, 9, sobre um pedido de cassação que foi dado entrada na Câmara Municipal, assinado por um grupo de quatro pessoas que fazem parte da oposição política a seu governo.

Para a assessoria da Câmara, não há nenhuma base legal que possa referendar tal pedido. O Ministério Público também não apresentou nenhuma matéria sobre pedido de cassação. Nem mesmo os vereadores da bancada oposicionista assinaram o documento em que estas quatro pessoas pedem a cassação do prefeito.

O pedido teria sido feito com base em denúncias genéricas de “perseguição a servidores”, “pontes e estradas abandonadas”, “saques indevidos”.

Alberto disse estar tranquilo e que esse tipo de politicagem rasteira não irá abalar sua gestão, que presa pelo melhor para os quiterienses. 

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon