VALE DAS FLORES

VALE DAS FLORES
Clique no banner acima para saber mais

Adolescentes matam menina de 14 anos, filmam tortura e são apreendidas

Em nota, a Funase informou que as adolescentes tiveram a internação provisória decretada
Por: Portal FolhaPE

Crime ocorreu na praia de Maria Farinha, em Paulista
Crime ocorreu na praia de Maria Farinha, em PaulistaFoto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco
Uma menina de 14 anos foi morta por duas adolescentes de 15 anos na praia de Maria Farinha, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, na manhã de terça-feira (25). A vítima foi torturada, esfaqueada, espancada e afogada. As suspeitas gravaram toda a sequência, compartilharam o vídeo nas redes sociais e foram apreendidas à tarde.  
Em nota, a Funase informou que após passarem as últimas 24 horas na Unidade de Atendimento Inicial (Uniai), situada no bairro da Boa Vista, no Recife, as adolescentes tiveram a internação provisória decretada. Assim, elas foram transferidas para um Centro de Internação Provisória (Cenip). Ambas serão mantidas em alojamentos separados. 
A gravação das agressões, de teor muito forte, circula na internet. Segundo informações preliminares da Polícia Civil de Pernambuco, o crime teria sido motivado por ciúmes. A vítima teria tido um relacionamento com uma das suspeitas, que atualmente namora com a outra suspeita pela morte.
As adolescentes de 15 anos que mataram a colega e divulgaram as imagens foram autuadas em flagrante por ato infracional equiparado a homicídio. Elas foram levadas para a Delegacia de Maria Farinha e prestaram depoimento ao delegado Álvaro Muniz, responsável pelo caso. Em seguida, as suspeitas foram transferidas para Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Ainda de acordo com a polícia, vídeo e fotos da morte passarão por perícia.

Leia também:
Mulheres são presas por torturar e estuprar menina no Agreste
Facção sequestra, tortura e mata adolescente de 14 anos em Ipojuca

Nas imagens, é possível ver a menina de 14 anos sendo torturada por uma das suspeitas enquanto a outra filma a sequência brutal. A vítima veste uma camisa da Rede Municipal de Ensino do Recife, que aparece com muito sangue. O Portal FolhaPE, em razão da extrema violência das imagens, não irá divulgar o conteúdo em respeito à família da vítima e aos leitores - pedimos, inclusive, que caso você receba, não veja nem compartilhe. O final da gravação mostra uma pessoa afirmando que "vai chamar a polícia". 
O corpo da adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), localizado no bairro de Santo Amaro, na área central da capital pernambucana. A Polícia Civil de Pernambuco prossegue com as investigações.

NOTA DA FUNASE
A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) informa que as duas adolescentes envolvidas em um ato infracional análogo a homicídio em Paulista, na última terça-feira (25), passaram as últimas 24 horas na Unidade de Atendimento Inicial (Uniai), situada no bairro da Boa Vista, no Recife. No local, receberam o primeiro acompanhamento de uma equipe técnica da instituição, composta por assistentes sociais, pedagogos e psicólogos. Em todo esse tempo, elas estiveram em alojamentos separados, por segurança. 
Na tarde desta quarta-feira (26), após serem apresentadas ao Ministério Público e ao Judiciário, as adolescentes tiveram a internação provisória decretada e, portanto, já foram transferidas para um Centro de Internação Provisória (Cenip) da Funase. Ambas serão mantidas em alojamentos separados. Como prevê a legislação federal, elas poderão permanecer no local por até 45 dias à espera da sentença da Justiça, tempo que é rigorosamente cumprido em Pernambuco. Nesse período, terão o acompanhamento de profissionais técnicos e serão inseridas na prática de atividades pedagógicas com o intuito de prepará-las para um eventual cumprimento de medida socioeducativa de internação, que pode durar até três anos, e para a reintegração social.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon