Vereador Juarez fecha Câmara de Vereadores de Anapurus-MA, para impedir aprovação de projeto que beneficiaria estudantes do município


Os vereadores do município de Anapurus/MA tiveram uma triste surpresa na manhã desta sexta-feira (08). 

Ao chegarem ao Palácio Legislativo os parlamentares encontraram a repartição a portas fechadas, a mando do atual presidente da casa, Juarez Oliveira, segundo informações.


O presidente da casa supostamente estaria em São Luís se recuperando de uma cirurgia. Porém, não foi feita qualquer notificação a Câmara, e é muito estranho ele ter dispensado os funcionários da casa, impedindo que o vice-presidente fizesse a sessão.

Além do mais, fomos informados que a única vereadora de oposição da casa, teria revelado que não iria a sessão, em consideração ao atual presidente, demonstrado claro acordo entre os parlamentares. 

Na sessão seria votado o projeto de lei N° 12/2019, que cria o Bolsa Universitário, de autoria do executivo. O programa beneficiaria os estudantes de ensino superior do município.

Boletim registrado pelos parlamentares
Revoltados os vereadores Toinho da Lojinha, Rose Monteles, Faris Dean e Jucinha Bastos procuraram a Delegacia de Polícia Civil do município, onde registraram um Boletim de Ocorrência (BO). 

Funcionária do cartório do município constata "in loco" o fechamento da câmara

O vereador Ademar do Sindicato acompanhado do procurador do município, Luan Lessa, e do vereador Robert, foram ao cartório do município, para registrar uma Ata Notarial, para dar maior veracidade ao fato, que fere os trabalhos dos poderes Legislativo e Executivo Municipal.

Vereador Toinho da Lojinha assina Boletim de Ocorrência
A Prefeita Vanderly Monteles lamentou profundamente o ato de crueldade do vereador Juarez, que desse modo impede que o município beneficie seus estudantes. 

O Bolsa Universitário deveria ser lançado durante as comemorações do aniversário do município, com início na noite deste sábado (09).
Parlamentares dialogam tentando encontrar solução 
Em vídeo os vereadores Ademar e Toinho da Lojinha, e ainda um estudante, que aguardava ansiosamente a aprovação do projeto, repudiam o ato. Assista:

Por Antenor Ferreira/O Interligado 

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon