Preso líder de facção criminosa que ordenou a morte de um faccionado no "tribunal do crime" em São Luís



Policiais da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), por intermédio da16ª Delegacia da Vila Embratel e da Seccional-Sul, prenderam Ihugi dos Santos da Costa, conhecido como “Iugi ou Chinês”, em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva e expedido Justiça. Ele é acusado de ordenar morte de um membro de facção criminosa, que conseguiu sobreviver aos golpes de facão. A prisão ocorreu na tarde da última quinta-feira (19), por volta das 13h.

Ele responde pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado (art. 121, §2º, incisos III e IV, c/c com o art. 14, inciso II do Código Penal) e de organização criminosa (art. 2º, §4º, inciso I, da Lei nº 12.850/123).

Pelas informações da polícia, no dia 07 de novembro de 2019, a vítima Edrick Melo Oliveira, conhecido como “Alma”, a mando de Ihugi, foi submetido a “julgamento” por suspeita de matar outro faccionado. Edrick foi levado, por cerca de cinco criminosos, para um matagal, atrás do “Lava a Jato Cristo Bom”, no bairro Vila Embratel, em São Luís, e “sumariamente condenado a morte” pelo “tribunal do crime”.

Edrick foi atingido com diversos golpes de facão no pescoço. A tentativa de homicídio foi filmada e amplamente veiculada nas redes sociais. Milagrosamente, a vítima Edrick sobreviveu às agressões, sendo alguns dos autores reconhecidos e representados pela prisão pelo Delegado Marcone Matos, Titular do 16.º DP, da Vila Embratel. A polícia continua investigando os demais envolvidos.

Após prisão, Ihugio Costa foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

Informações Blog do Gilberto Lima

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon