Homicida condenado a 13 anos de reclusão é preso em São Luis - Blog do William

ESTAMOS DE SITE NOVO

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Homicida condenado a 13 anos de reclusão é preso em São Luis


da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) prenderam, na tarde dessa quinta-feira (23), o homicida identificado como Janilson Pereira Ramos, conhecido como “Lombra”, em cumprimento ao mandado de prisão por sentença condenatória definitiva, expedido pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão.

“Lombra” foi condenado a 13 anos e nove meses de reclusão, em regime fechado, por prática de homicídio qualificado c/c porte ilegal de arma de fogo (Art. 121, &2°, I do CP c/c Art. 14 da Lei 10.826). Ele participou do assassinato do frentista Luís Gustavo Pinto de Sousa, na feira do Bairro de Fátima, em 2013.

A prisão foi coordenada pelos delegados Pedro Adriano Menezes Silva e Carlos Alberto Damasceno. Após as formalidades legais, o preso foi conduzido a Central de Triagem, onde ficará a disposição da Justiça.

No dia 26 de abril de 2013, “Lombra”, em companhia de comparsas, assassinou o frentista Luís Gustavo Pinto de Sousa, conhecido como “Mox”, de 23 anos, na feira do Bairro de Fátima, em São Luís.

O crime

No dia 26 de abril de 2013, “Lombra”, em companhia de comparsas, assassinou o frentista Luís Gustavo Pinto de Sousa, conhecido como “Mox”, de 23 anos, na feira do Bairro de Fátima, em São Luís. Ele foi assassinado com vários tiros na cabeça. Segundo apurou a Polícia Militar no local do crime, a vítima foi reconhecida por integrantes de uma facção rival, ainda do lado de fora dos boxes, e perseguida até ser morta em frente a uma revenda de frangos.

No mesmo dia, os quatro suspeitos de envolvimentos no crime foram presos por policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic). Os presos foram identificados como Reinaldo Costa Araújo, conhecido como Chocolate; Ronaldo Carvalho, o Neguinho, ambos de 23 anos; Gricleiton Lima Costa, o Pinóquio, de 22 anos, e Janilson Pereira Ramos, o Lombra, de 30 anos, foram detidos com armas de fogo em punho. Com eles, foram apreendidas uma pistola calibre 380, um revólver calibre 38, cano longo, e um colete balístico.

Segundo ainda a guarnição da PM, Luís Gustavo Pinto de Sousa tinha passagens pela polícia, pela prática de crimes de roubo, furtos e até tráfico de drogas. "Somente a polícia judiciária vai investigar para esclarecer a verdadeira motivação do crime. Porém, ao que tudo indica, pode tratar-se de um provável 'acerto de contas' entre as pessoas que praticaram o homicídio", completou o militar

"Luís Gustavo morava no bairro, na Rua 6 de Janeiro, em cuja área muitos jovens tradicionalmente nutrem uma rivalidade com outros moradores da chamada 'Baixada do BF'. Segundo testemunhas, três pessoas oriundas daquela localidade avistaram a vítima trabalhando na rua em frente ao mercado, empunharam as armas e saíram em sua perseguição", explicou o cabo Amorim, do 9º Batalhão da

PM, que esteve no local
De acordo com os militares, os suspeitos portavam pistolas calibre 380, pois pelo menos três cápsulas deflagradas foram recolhidas na cena do crime. "Foram vários disparos. Há quem diga que os atiradores efetuaram no mínimo 10 tiros contra a vítima. Porém, visualmente, percebemos quatro perfurações somente na cabeça".

Informações Blog do Gilberto Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot