Suspeitos de espancar adolescente na Funac de Imperatriz podem ter internação dobrada, diz MP - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Suspeitos de espancar adolescente na Funac de Imperatriz podem ter internação dobrada, diz MP

MP também investiga por que a Funac não conseguiu conter o motim que resultou no espancamento que causou a morte do adolescente.

Fernando Rian Dutra, de 17 anos, morreu após ser espancado em unidade da Funac em Imperatriz (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante

O Ministério Público do Maranhão (MP-MA) fez uma representação contra os suspeitos pelo espancamento de um adolescente de 17 anos dentro da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) dos Três Poderes, em Imperatriz, na região sudoeste do Maranhão.

Ao todo, foram representados cinco adolescentes e um maior de idade de 19 anos. Segundo o promotor de Justiça Aleilton Júnior, as investigações estão adiantadas.

“Estamos buscando a responsabilização daqueles que foram responsáveis pelo espancamento. (...) Além dessa providência, nós também estamos com uma investigação em andamento, ainda em aberto, para saber por quais motivos a Funac não conseguiu conter aquele motim que resultou num espancamento de um sócio-educando”, disse o promotor.


Crime foi registrado na unidade da Funac no bairro Três Poderes, em Imperatriz (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante

Crime foi registrado na unidade da Funac no bairro Três Poderes, em Imperatriz (MA) — Foto: Reprodução/TV MiranteCrime foi registrado na unidade da Funac no bairro Três Poderes, em Imperatriz (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante
Crime foi registrado na unidade da Funac no bairro Três Poderes, em Imperatriz (MA) — Foto: Reprodução/TV Mirante

Os adolescentes que participaram da agressão que resultou na morte do interno, identificado como Fernando Rian Dutra, irão novamente passar por julgamento.

“Se a Justiça, novamente, aplicar uma medida de internação, haverá soma da internação que eles já cumprem. No caso do adulto, por não se tratar de um ato infracional, ele vai ser submetido ao trâmite normal de um preso adulto que comete um crime”, explicou Aleilton Júnior.


do g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot