Baleada pelo ex, jovem 'ressuscita' após morte cerebral atestada



A mulher identificada como Karina Souto Rocha, de 29 anos, foi baleada pelo ex-namorado no rosto por não aceitar reatar relacionamento. Ela foi hospitalizada e teve a morte cerebral constatada, mas reagiu no momento em que os aparelhos seriam desligados em hospital de Cuiabá (MT). As informações são do O Livre.

Após oração da família e a ordem de desligamento dos aparelhos nessa segunda-feira (04/02), no Hospital Municipal de Barra do Garças, uma enfermeira entrou no quarto e viu a paciente mexer a mão. Assustada, ela chamou a moça pelo nome e Karina balançou a cabeça.

A enfermeira saiu correndo e gritando que Karina havia reagido. Chegaram a duvidar dela, mas novos exames mostraram que a jovem retornou do estado de morte cerebral.

Karina, baleada no rosto por ex-namorado
Karina, baleada no rosto por ex-namorado Arquivo pessoal
A recuperação

Karina foi levada de volta para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde segue internada. Ela não fala, mas já abriu os olhos e reage às pessoas ao seu redor. O quadro clínico considerado é grave, mas a pressão está controlada e ele acredita na recuperação da filha.

O crime

Baltazar Augusto de Menezes, de 58 anos, foi até a casa da ex-namorada Karina dizendo que queria falar com ela, no dia 1º de fevereiro, Nova Xavantina (MT).

O encontro levou a uma briga do casal e ao menos cinco tiros foram disparados: três em Karina, um no chão e um de Baltazar em si mesmo, que teve morte imediata.

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon