Dor e revolta marcam enterro de idosa que morreu após ter energia cortada no MA

Josefa Maria da Conceição tinha 92 anos e morreu na terça (4) em Imperatriz após não poder realizar procedimento de inalação em virtude por falta de energia elétrica.



O corpo da idosa Josefa Maria da Conceição, de 92 anos, que morreu na terça-feira (4) após não poder realizar o procedimento de inalação em virtude do fornecimento de energia elétrica de sua casa ter sido interrompido pela companhia energética, foi enterrado nessa quarta-feira (5) em Imperatriz, a 626 km de São Luís. O sepultamento, que contou com a presença de familiares e amigos, foi marcado por muita dor e revolta.

Josefa Maria estava chegando do hospital após ter sido recomendada pelos médicos que realizasse nebulização por meio de um aparelho que só era utilizado através de energia elétrica, quando um funcionário da Equatorial Maranhão (companhia energética do estado) interrompeu a energia na casa da vítima que ficava localizada no bairro Itamar Guará.

A suspeita é que o corte de energia elétrica, realizado na segunda-feira (3) tenha relação com a morte dela. É que ela dependia de um nebulizador, e teve seu quadro de saúde agravado após a interrupção da energia elétrica por parte da concessionária.

Josefa Maria da Conceição morreu após o seu procedimento de inalação ter sido interrompido em virtude do corte de energia elétrica em Imperatriz. — Foto: Divulgação/Redes Sociais


do g1.globo.com


Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon