Suspeito de matar modelo de 22 anos em Manaus é servidor do TRT; veja fotos - Blog do William

Blog do William

Blog do William - Notícias de Chapadinha e do Baixo Parnaíba Zap: (98) 99210-7825 Anapurus, Mata Roma, Brejo, São Bernardo, Santa Quitéria, Urbano Santos, Belágua, São Luís, Milagres do Maranhão, São Benedito,

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Suspeito de matar modelo de 22 anos em Manaus é servidor do TRT; veja fotos

Nas redes sociais, amigos e familiares de Kimberly Mota lamentam crime e exigem justiça. Rafael Fernandez está foragido


Rafael Rodriguez, acusado de matar a modelo Kimberly Mota, em Manaus

Rafael Fernandez Rodrigues, suspeito de ter matado a modelo Kimberly Mota, é servidor do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Manaus. A jovem foi encontrada sem vida no apartamento do rapaz nesta terça-feira (12/05). Até a última atualização desta reportagem, Rafael seguia foragido.

Em nota, o TRT de Manaus disse que acompanha o caso atentamente. O servidor ingressou no tribunal em outubro de 2017, no cargo de analista judiciário.



“Na oportunidade, o TRT11 se solidariza com a família da jovem Kimberly Mota, por perda tão irreparável e que causa a todos nós dor e indignação. O Tribunal informa, ainda, que acompanhará o desenrolar do caso para uma apuração célere e cuidadosa dos fatos”, informou o tribunal.

O crime

Kimberly, 22 anos, foi encontrada morta com perfurações no pescoço, tórax e abdome na madrugada desta terça-feira (12/05) no apartamento de Rafael, na rua Joaquim Nabuco, centro de Manaus.


A Polícia Civil do Amazonas disse que investigava o sumiço da jovem, que não dava notícias em casa desde domingo (10/05). Familiares e amigos estavam divulgando nas redes sociais a foto da estudante como desaparecida quando foram informados do crime.

Kimberly foi finalista do concurso Miss Amazonas em 2019, representando o município de Manicoré, no interior do estado. Nas redes sociais, amigos e parentes relembram momentos com a modelo e exigem justiça.

do Metropolis.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.

Post Top Ad

Your Ad Spot