"Não passará impune", diz Prefeitura de Santa Helena sobre passeata contra o coronavírus

A prefeitura de Santa Helena do Maranhão, município que vivenciou neste domingo (31) uma passeata contra o coronavírus, que propiciou a aglomeração de centenas de pessoas e foi encerrada com a queima de máscaras, informou por meio de nota que buscará a punição dos envolvidos. 

Segundo a Prefeitura, as informações sobre o ato promovido por líderes religiosos foram encaminhadas para o Ministério Público. Veja abaixo: 

A Prefeitura de Santa Helena vem a público manifestar repúdio a cerca da ‘Passeata contra o novo coronavírus’ realizada, neste domingo (31), nas ruas do município.

O grupo, de aproximadamente 300 pessoas, veio de Turilândia até a nossa cidade, descumprindo as normativas do decreto municipal em vigor, que torna obrigatório, entre outras medidas, o uso de máscaras e o distanciamento social.

Um ato ofensivo à cidade e à população, que não passará impune. Reunimos todas as informações e já encaminhamos ao Ministério Público para apuração dos fatos e punição dos responsáveis.

Vamos seguir agindo conforme as orientações da Organização Mundial de Saúde, para diminuir o contágio e proteger vidas.

Ratificando informação divulgada pela emissora, temos atualmente 517 casos confirmados para a Covid-19 em nosso município, o que reforça a necessidade de compreensão e contribuição ativa de todos para a desaceleração da curva de infecção

do blog do Antenor Ferreira 

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon