Preso terceiro envolvido no duplo feminicídio de mãe e filha no Calhau

O suspeito teria sido responsável pelo contrato entre o mandante, o ex-marido da empresária e o executor do crime


Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) prendeu nesta segunda-feira (22) mais um envolvido no duplo feminicídio de Graça Maria Pereira de Oliveira, de 57 anos, e Talita de Oliveira Friseiro, de 27 anos.

Leia também: Preso suspeito de matar mãe e filha no bairro Calhau; ex-marido foi o mandante do crime

De acordo com informações da polícia, o suspeito era chefe da obra que estava sendo realizada ao lado da casa das vítimas e agiu como um intermediador entre o mandante, o ex-marido da empresária e o executor do crime.

De início, ele teria oferecido uma quantia de R$ 3 mil, que foi negada. Logo depois, ofereceu o valor de R$ 5 mil, que foi aceito pelo autor do crime.

Entenda o caso

Os corpos de Graça Maria Pereira de Oliveira, de 57 anos, e Talita de Oliveira Friseiro, de 27 anos, foram encontrados enrolados em um lençol dentro um veículo, na garagem da casa das vítimas, no dia 07 de junho.

A empresária foi amarrada e asfixiada. Já a filha, além de sofrer asfixia, tinha várias lesões corporais pelo corpo. No imóvel, não foram encontrados sinais de arrombamento.

As vítimas foram encontradas por parentes, que estranharam o sumiço das duas e resolveram procurá-las.

do OImparcial.com

Atenção! Comentários abusivos e desrespeitosos serão deletados. Nem tente.
EmoticonEmoticon